Saiba como tratar e tirar manchas

Na maioria das vezes as manchas são resultados de processos inflamatórios, como espinhas, machucados, queimaduras, exposição solar excessiva, procedimentos ou até reações causadas pelo uso de algum produto. Geralmente isso acontece em quem tem pele morena, que bronzeia com mais facilidade, ou negra – fototipos que têm a melanina mais ativada. Mas as pessoas que tem a pele mais clara, também carregam em si manchas, que na maioria das vezes é causada pelo excesso de exposição ao sol sem nenhum tipo de proteção solar.

O processo causador da mancha, começa com uma lesão na pele, que inflama e em sequencia acontece vários fatores que irão estimular o melanócito, que é uma célula produtora de melanina. Por causa desses acontecimentos, surgem as manchas naquele local onde ocorreu todo esse processo inflamatório.

Vamos conhecer os principais tipos de manchas existentes

  • Melanoses ou manchas senis: normalmente são manchas escuras, de forma arredondadas e aparecem com o decorrer dos anos no corpo, por causa da exposição prolongada ao sol.
  • Efélides ou sardas: pessoas com a pele muito clara, após uma exposição excessiva ao sol, podem desenvolver essas machas em seus rostos.
  • Melasmas: essas manchas aparecem mais na região das maçãs do rosto, buço e testa, em casos mais raros, podem ocorrer em outras partes, como o colo e braços. Os principais motivos para o aparecimento dessas manchas é o período pós gestação, o uso de pílulas anticoncepcional e a exposição solar
  • Manchas de pós-acne: São manchas que surgem após o processo inflamatório da acne. São reconhecidas por ter o tom avermelhado no principio e com o passar do tempo podem ficar no tom mais escuro.
  • Ceratose seborreica: Essas manchas ocorrem com mais frequência na face, couro cabeludo, membros e tórax. São lesões ásperas, escuras ou esbranquiçadas. Também são muito confundidas por pacientes como verrugas, é um quadro benigno e como traz como consequência apenas o incômodo estético.

Saiba como é possível evitar uma mancha

Algumas medidas importantes são recomendadas para quem tem uma pele mais sensível e com tendências de surgir manchas com mais facilidade. Buscar orientações médicas, antes de fazer algum procedimento estético com laser e peeling, evitar o máximo se ferir ou se machucar, sempre com orientação de um dermatologista, não deixar de cuidar corretamente de quadros de acne na pele e principalmente usar protetor solar toda vez que estiver exposto ao sol.

Cada tipo de mancha tem um tratamento

Para cada situação existe um tratamento específico, o que vai definir qual melhor tratamento é as características e a localozação da mancha. Conheça o tratamento adequado para cada tipo de mancha:

  • Melanoses ou manchas senis: para o tratamento desse quadro é indicado como primeira opção a luz intensa pulsada, por proporcionar resultados muito satisfatórios. Assim como também é indicado o laser de CO2, peelings e a crioterapia;
  • Efélides ou sardas: O tratamento para essas manchas, é indicado além da luz intensa pulsada, que proporciona resultados muito favoráveis, o peeling superficial é uma outra alternativa;
  • Melasma: por ser um quadro mais resistente, possui resultados variáveis aos tratamentos. Atualmente, os tratamentos indicados são: peeling superficial, laser Q-switched e microagulhamento.

Estes tratamentos, geralmente, alcançam ótimos resultados mas devem ser realizados por profissionais qualificados para garantir a integridade e a beleza da pele.

Wilian Sales
Wilian Sales
Especialista em desenvolvimento de sites, lojas virtuais e sistemas. Faço parte da equipe que compõe a empresa Sales Publicidade. Atuamos em diversas áreas destinada ao Marketing. Faço publicações de artigos em blogs e nas redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Iniciar Conversa
Em que podemos ajudar?
Olá,
Podemos te ajuadar